Este é um blog que incentiva a edificação através da leitura da bíblia, boa preparação das publicações, cânticos, experiencias e ajuda a direcionar o leitor ao site oficial, aceitamos somente comentários apreciativos e construtivos, visto que não somos um fórum de discussões. Este blog não representa e não é oficial das testemunhas de Jeová, e muito menos é apóstata, basta verificar seu conteúdo, é um blog de iniciativa pessoal, acesse: Nosso Site Oficial: www.jw.org

O incrível mundo da minhoca

A RAINHA CLEÓPATRA, do Egito, a declarou sagrada. Aristóteles a chamou de intestino da Terra. Charles Darwin achava que ela desempenhava um papel importante na História universal. Que animal granjeou a admiração dessas pessoas famosas? A simples minhoca.

Conforme veremos, a minhoca merece nosso reconhecimento. É verdade que ela é úmida, escorregadia e fica se remexendo. Mas mesmo essas características, que talvez não nos atraiam, podem nos deixar admirados quando ficamos sabendo um pouco mais sobre essa criatura. Para conhecer o incrível mundo da minhoca, basta dar uma revirada no solo ou numa camada de humo.

Cérebro simples, talentos espantosos

Dê uma olhada mais de perto na minhoca e verá que seu corpo é segmentado, formado de pequenos anéis unidos um no outro. Cada um dos segmentos é dotado de dois tipos de músculos: os músculos externos circulares (localizados logo abaixo da pele) e os músculos internos longitudinais. A minhoca se movimenta contraindo e expandindo esses dois grupos de músculos, que lhe permitem encurtar e alongar o corpo.

Se você colocar uma minhoca na palma da mão, sem dúvida ela vai ficar se remexendo. Trata-se de uma reação natural, porque o corpo dela é todo coberto de órgãos sensoriais — 1.900 em apenas um segmento! Esse sistema sensorial possui órgãos táteis, papilas gustativas e células fotorreceptoras.

A minhoca se arrasta no chão com a ajuda de pequenas cerdas. Cada segmento possui conjuntos de cerdas que atuam como os remos de um barco. A minhoca as finca no solo, arrasta o corpo e depois as retrai. Ela consegue “remar” para frente ou para trás, usando um grupo de cerdas por vez. Ao se ver ameaçada, imobiliza uma extremidade do corpo e retrai rapidamente a outra. As habilidades atléticas demonstradas na sincronização desses movimentos fariam inveja a qualquer equipe participante de uma regata olímpica.

Em algumas espécies, caso segmentos da parte traseira do corpo sejam arrancados por uma ave, eles simplesmente crescem de novo. No entanto, o número de segmentos novos nunca é maior do que o anterior. Parece que cada um deles gera uma pequena carga elétrica, e que os segmentos perdidos são substituídos até se atingir a carga elétrica máxima preestabelecida.

Os milhares de órgãos sensoriais e os complexos sistemas musculares estão conectados ao gânglio cerebral, localizado na extremidade anterior da minhoca. Experiências têm demonstrado que, além de seus talentos físicos, as minhocas têm certa capacidade de memorização e podem até aprender a evitar o perigo.

Por que são úmidas?

Muitos acham a minhoca nojenta porque ela é úmida e escorregadia, mas é justamente essa característica que lhe possibilita respirar. A pele é porosa, e os vasos sanguíneos perto da pele absorvem o oxigênio presente no ar ou diluído na água, liberando o dióxido de carbono. Mas essa troca de gases só é possível se a pele estiver úmida. Caso ela se resseque, a minhoca sofre uma morte lenta por sufocamento.

Por outro lado, se a minhoca fica retida no seu túnel subterrâneo durante uma chuva forte, seu suprimento de oxigênio na água se esgota rapidamente. É por isso que as minhocas vêm para a superfície depois de uma chuvarada. Se não fizerem isso, morrerão afogadas.

Utilidade na agricultura

Existem cerca de 1.800 espécies de minhocas no planeta. Elas estão em todos os lugares, exceto nas regiões mais secas e mais frias da Terra. Sob as savanas da África do Sul, talvez haja apenas umas 70 minhocas em cada metro quadrado de terra, ao passo que no chão da floresta do Canadá, talvez haja 700 no mesmo espaço de terra.

Na Nova Zelândia, há três espécies principais de minhocas. O primeiro tipo inclui as que se reproduzem e se movimentam rapidamente, e que vivem no humo. O segundo grupo, e o mais amplamente distribuído, consiste de minhocas que cavam túneis horizontais pelas camadas superiores do solo. Por último, há as que escavam orifícios verticais e que podem passar vários anos — toda a duração da vida da minhoca — numa única escavação. Essas são as mais musculosas do mundo das minhocas. Possuem fortes anéis musculares em torno da extremidade anterior, o que lhes permite perfurar a terra e digeri-la ao passo que vão cavando túneis subterrâneos. Uma das maiores minhocas do mundo é encontrada no sul da Austrália. Essa gigante pode chegar a ter mais de 1,20 metro de comprimento e pesar meio quilo.

Ao revolver a terra, a minhoca ara a terra. Digerindo esterco, terra e vegetais em decomposição, produz grande quantidade de excremento. Calcula-se que as minhocas das terras agrícolas da Inglaterra produzam anualmente cerca de 20 toneladas de excremento por hectare. As minhocas do vale do Nilo produzem a espantosa quantidade de 2.500 toneladas de dejetos por hectare. A atividade das minhocas promove a aeração da terra, permitindo maior retenção de água, e torna o solo mais fértil.

Cientistas descobriram que o sistema digestivo da minhoca transforma o alimento em nutrientes que as plantas possam assimilar. Além disso, muitos microorganismos nocivos presentes no esterco e nas plantas em decomposição são destruídos ao serem digeridos pela minhoca. Assim, pode-se dizer que a minhoca purifica o solo. É na verdade uma máquina de reciclagem ideal, que converte lixo em alimento nutritivo.

Aproveitamento das minhocas

A notável capacidade de reciclagem da minhoca está sendo utilizada por uma empresa de saneamento. Certa companhia na Austrália usa um total de 500 milhões de minhocas em diversas instalações de tratamento de esgotos. As minhocas são colocadas em cercados especiais e recebem um cardápio de esterco de porco ou fezes humanas misturados com papel picado e outras matérias orgânicas. Por dia, essas minhocas consomem entre 50% e 100% do seu peso e produzem um esterco rico em nutrientes de grande valor comercial.

Estudos revelam outra possível utilidade das minhocas — na alimentação. As minhocas contêm os mesmos aminoácidos benéficos que a carne de vaca. Quando desidratadas, contêm 60% de proteínas e 10% de gordura, além de cálcio e fósforo. Em alguns países, as pessoas já estão comendo torta de minhoca. Em outras partes do mundo, essa iguaria é consumida frita ou mesmo crua.

Embora talvez a minhoca nunca se torne um dos animais mais apreciados do mundo, com certeza o mundo seria um lugar bem diferente sem ela. Então, a próxima vez que admirar uma tranqüila paisagem campestre, pare e pense um pouco no exército de minhocas debaixo dos seus pés, que estão trabalhando arduamente para arar e fertilizar a terra, contribuindo assim para a conservação dessa bela paisagem.

0 Comentaram (Comente também):

Postar um comentário

Dependendo do conteúdo, seu comentário poderá ser excluído.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...