Para enviar uma Mensagem click na foto depois do Login. Será excluído, dependendo do seu perfil.

As Novidades do Site Oficial

Como lidar com sentimentos negativos


• Asafe queixou-se: “Decerto é em vão que purifiquei meu coração e que lavo minhas mãos na própria inocência. E vim a ser afligido o dia inteiro, e minha correção vem cada manhã.” — Salmo 73:13, 14.
• Baruque gemeu: “Ai de mim, pois, porque Jeová acrescentou pesar à minha dor! Fatiguei-me por causa do meu suspiro e não achei lugar de descanso.” — Jeremias 45:3.
• Noemi lamentou: “O Todo-poderoso o fez muito amargo para mim. Eu estava cheia quando fui, e é de mãos vazias que Jeová me fez voltar. Por que me devíeis chamar Noemi, quando foi Jeová quem me humilhou e o Todo-poderoso quem me causou a calamidade?” — Rute 1:20, 21.
A BÍBLIA contém muitos exemplos de adoradores fiéis de Jeová que às vezes ficavam dominados por sentimentos de desânimo. O fato é que todos nós, como humanos imperfeitos, temos de vez em quando tais sentimentos. Alguns de nós podem estar mais inclinados do que outros a sentir desânimo — talvez até com certo grau de dó de si mesmo — por termos passado por situações trágicas.
No entanto, se não controlar essas emoções, elas podem estragar seu relacionamento com outros e com Jeová Deus. Uma cristã, inclinada a ter dó de si mesma, admite: “Rejeitava muitos convites para atividades sociais, porque achava que não merecia associar-me com os da congregação.” Que efeito devastador tais sentimentos podem ter sobre a vida da pessoa! O que pode você fazer para combatê-los?
Achegue-se a Jeová
No Salmo 73, Asafe escreveu francamente sobre a sua perplexidade. Comparando a sua própria situação com a vida próspera dos iníquos, ele tornou-se invejoso. Ele notou que os ímpios eram orgulhosos e violentos, e pareciam safar-se das conseqüências. Asafe expressou então dúvidas sobre se valia a pena seguir um proceder reto na vida. — Salmo 73:3-9, 13, 14.
Observou você, assim como Asafe, o aparente bom êxito dos iníquos que não fazem questão de esconder seu proceder errado? Como venceu Asafe os seus sentimentos negativos? Ele prosseguiu, dizendo: “Eu o estive considerando para saber isso; foi uma desgraça aos meus olhos, até que passei a entrar no grandioso santuário de Deus. Eu quis discernir o futuro deles.” (Salmo 73:16, 17) Asafe tomou medidas positivas por recorrer a Jeová em oração. Nas palavras do apóstolo Paulo, Asafe suprimiu o “homem físico” por despertar o “homem espiritual” no seu íntimo. Com uma renovada visão espiritual, compreendeu que Jeová odeia a maldade e que, no tempo devido, os iníquos seriam punidos. — 1 Coríntios 2:14, 15.
Como é vital que deixe que a Bíblia o ajude a enfocar a realidade da vida! Jeová nos lembra que não está desapercebido do que os iníquos fazem. A Bíblia ensina: “Não vos deixeis desencaminhar: De Deus não se mofa. Pois, o que o homem semear, isso também ceifará . . . Assim, não desistamos de fazer aquilo que é excelente.” (Gálatas 6:7-9) Jeová porá os iníquos “em terreno escorregadio”; fará com que ‘caiam em ruínas’. (Salmo 73:18) No fim, a justiça divina sempre prevalecerá.
Um constante programa de alimentação espiritual à mesa de Jeová e de associação sadia com o povo de Deus ajudará você a fortalecer sua fé e a superar o desânimo ou outros sentimentos negativos. (Hebreus 10:25) Assim como Asafe, por manter-se achegado a Deus, poderá sentir o amoroso apoio Dele. Asafe prosseguiu: “Estou constantemente contigo; seguraste-me a mão direita. Tu me guiarás com o teu conselho e depois me levarás à própria glória.” (Salmo 73:23, 24) Uma cristã, que sofreu abusos na infância, aprendeu a sabedoria dessas palavras. “Manter-me bem envolvida com a congregação”, disse ela, “mostrou-me um lado diferente da vida. Notei muito bem que os anciãos cristãos eram amorosos, que não eram policiais, mas pastores”. Deveras, os compassivos anciãos cristãos desempenham um papel vital em dissipar emoções prejudiciais. — Isaías 32:1, 2; 1 Tessalonicenses 2:7, 8.
Aceite o conselho de Jeová
Baruque, secretário do profeta Jeremias, suspirava por causa da tensão emocional que sua designação lhe causava. No entanto, Jeová chamou bondosamente a atenção de Baruque para a realidade. “‘No que se refere a ti, estás procurando grandes coisas para ti. Não continues a procurar. Pois eis que trago uma calamidade sobre toda a carne’, é a pronunciação de Jeová, ‘e vou dar-te a tua alma por despojo em todos os lugares aos quais fores’.” — Jeremias 45:2-5.
Usando linguagem franca, Jeová explicou que o motivo da frustração de Baruque eram os próprios empenhos egoístas dele. Baruque não teria alegria na designação dada por Deus, enquanto ao mesmo tempo procurasse grandes coisas para si mesmo. Você também pode descobrir que uma medida realmente positiva para superar o desânimo é evitar distrações e se empenhar pela paz mental que resulta do contentamento piedoso. — Filipenses 4:6, 7.
A enviuvada Noemi não deixou que a aflição a abatesse em Moabe, quando seu marido e seus dois filhos morreram. No entanto, há indícios de que, por um tempo, sentiu-se amargurada a respeito de si mesma e de suas duas noras. Ao mandá-las embora, Noemi disse: “É muito amargo para mim, por vossa causa, que a mão de Jeová tenha saído contra mim.” De novo, quando chegou a Belém, ela falou: “Não me chameis Noemi [“Minha Agradabilidade”]. Chamai-me Mara [“Amarga”], pois o Todo-poderoso o fez muito amargo para mim.” — Rute 1:13, 20.
No entanto, Noemi, apesar de estar enlutada, não se isolou de Jeová e do seu povo. Em Moabe, ela soube que “Jeová voltara a sua atenção para seu povo, dando-lhes pão”. (Rute 1:6) Compreendeu que o melhor lugar para ela era com o povo de Jeová. Noemi depois voltou junto com sua nora Rute, para Judá, e orientou habilmente Rute sobre como deveria agir para com o parente delas, Boaz, seu resgatador.
De modo similar hoje, os leais que perderam seu cônjuge na morte são bem-sucedidos em lidar com a tensão emocional por se manterem ocupados dentro da congregação cristã. Assim como Noemi, continuam a empenhar-se em assuntos espirituais, lendo diariamente a Palavra de Deus.
Beneficie-se com a aplicação da sabedoria divina
Estes relatos bíblicos nos ajudam a entender como se pode lidar com os efeitos de sentimentos negativos. Asafe procurou ajuda no santuário de Jeová e esperou pacientemente por Jeová. Baruque acatou conselhos e evitou distrações materialistas. Noemi manteve-se ativa entre o povo de Jeová, preparando a jovem Rute para os privilégios que tinha na adoração do verdadeiro Deus. — 1 Coríntios 4:7; Gálatas 5:26; 6:4.
Você pode superar o desânimo e outros sentimentos negativos por refletir sobre as vitórias divinas que Jeová tem dado ao seu povo, individual e coletivamente. Com este objetivo, medite no supremo ato de amor de Jeová em prover-lhe o resgate. Aprecie o genuíno amor da fraternidade cristã. Pense na sua vida no novo mundo de Deus logo à frente. E responda assim como Asafe: “Quanto a mim, porém, chegar-me a Deus é bom para mim. Pus o meu refúgio no Soberano Senhor Jeová, para declarar todas as tuas obras.” — Salmo 73:28.
*** w01 15/4 pp. 22-24 Como lidar com sentimentos negativos ***

Leia no site oficial : É possível ser feliz apesar de decepções

0 Comentaram (Comente também):

Postar um comentário

Dependendo do conteúdo, seu comentário poderá ser excluído.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...