Para enviar uma Mensagem click na foto depois do Login. Será excluído, dependendo do seu perfil.

As Novidades do Site Oficial

Como evitar a Verminose- Tópico(Saúde)

Verminoses são mais comuns do que se imagina, tanto em crianças quanto adultos. Mas medidas simples, como lavar bem as mãos e os alimentos, são capazes de evitar esse problema.
Além de parasitas transmitidos por alimentos mal lavados ou carnes mal cozidas, pôr as mãos sujas na boca também pode passar vírus e bactérias causadores de diarréia, doenças respiratórias e infecções de pele.
Segundo dados do Ministério da Saúde citados pela pediatra Ana Escobar e pelo infectologista Caio Rosenthal, manter uma boa higiene do corpo permite que uma família economize, em média R$ 1.151,55 por ano em tratamentos de doenças que poderiam ser facilmente prevenidas.
Os vermes também podem dar diarréia, dor de barriga, gases, vômito, anemia, falta de apetite, dificuldade para engordar, amarelão e fome de coisas estranhas, como terra, areia e tijolo.
Mas, apesar do incômodo, é importante que as pessoas não se automediquem. Se estiverem com suspeita de verminose, devem ir ao médico e fazer um exame de fezes em laboratório.
Muitas vezes, o problema se confunde com outras doenças, como alergias respiratórias e até câncer de intestino.
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a lavagem das mãos com sabonete pode reduzir infecções que causam diarréia em até 40%. Colocar três gotas de hipoclorito de sódio em 1 litro de água também ajuda a higienizar os alimentos.


Fonte: http://g1.globo.com
Uma dica do Abctj:
A cada 6 meses seria interessante tomar remédio para verminose, o albendazol 10ml serve para praticamente todos os tipos de parasitas e ainda não tem gosto ruim, é indicado para adultos e crianças maiores de 2 anos. Sua formula age como destruidor dos parasitas não sobrando praticamente nenhum inteiro nas fezes depois da evacuação.
 Os principais sintomas das verminoses são dores abdominais, indisposição física, náuseas, vômitos, diarréia, falta de apetite, perda de peso, anemia, problemas respiratórios e, em certas situações,  comprometimento cerebral. No caso específico das lombrigas, a proliferação desses vermes pode formar um novelo compacto e obstruir o intestino ou mesmo a garganta, provocando asfixia e morte.

0 Comentaram (Comente também):

Postar um comentário

Dependendo do conteúdo, seu comentário poderá ser excluído.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...