Para enviar uma Mensagem click na foto depois do Login. Será excluído, dependendo do seu perfil.

As Novidades do Site Oficial

O que acontece quando morremos?


ROMAN era criança quando perdeu um de seus melhores amigos num acidente de carro. “Perder o meu amigo me deixou muito abalado. Anos depois do acidente, eu ainda me perguntava o que acontece conosco quando morremos.”
Por que fazer essa pergunta? A morte é algo difícil de aceitar. Não importa a idade, em geral ninguém quer morrer. Muitos têm medo do que acontece após a morte.
Como alguns responderiam? Muitos acreditam que, quando uma pessoa morre, parte dela continua vivendo. Acham que os bons serão recompensados com a vida no céu, ao passo que os maus serão punidos eternamente por seus pecados. Outros pensam que, ao morrer, a pessoa deixa de existir e por fim é esquecida por completo.
O que isso significaria? A primeira resposta parte do princípio de que a pessoa que morre na verdade não deixa de existir completamente. A segunda indicaria que a vida não tem objetivo, levando alguns a achar que só nos resta ‘comer e beber, pois amanhã morreremos’. — 1 Coríntios 15:32.
O que a Bíblia ensina? A Bíblia não ensina que, após a morte, uma parte da pessoa continua vivendo. Deus inspirou o Rei Salomão a escrever: “Os viventes estão cônscios de que morrerão; os mortos, porém, não estão cônscios de absolutamente nada.” (Eclesiastes 9:5) Quem não está ‘cônscio de nada’ não tem consciência nenhuma do que acontece à sua volta. Não pode sentir nem fazer nada. Assim, os mortos não podem ajudar nem prejudicar os vivos.
Ao contrário do que muitos pensam, Deus não fez os humanos para morrerem. Ele criou o primeiro homem, Adão, com a perspectiva de viver para sempre na Terra. A única vez que Deus mencionou a morte foi quando disse a Adão qual seria a punição pela desobediência. Ele proibiu Adão de comer o fruto de certa árvore e o avisou que, se fizesse isso, ‘positivamente morreria’. (Gênesis 2:17) Se Adão e Eva continuassem obedientes, eles e todos os seus descendentes leais a Deus viveriam para sempre na Terra.
Adão decidiu ignorar o aviso de Deus. Ele pecou quando desobedeceu a Deus e, por isso, morreu. (Romanos 6:23) Nenhuma parte de Adão sobreviveu à sua morte. Ele deixou de existir. Deus disse: “No suor do teu rosto comerás pão, até que voltes ao solo, pois dele foste tomado. Porque tu és pó e ao pó voltarás.” (Gênesis 3:19) Visto que todos nós somos descendentes de Adão, herdamos dele o pecado e a morte. — Romanos 5:12.
Apesar da má escolha de Adão, Deus cumprirá seu propósito de povoar a Terra com descendentes perfeitos de Adão. (Gênesis 1:28; Isaías 55:11) Em breve, Jeová trará de volta à vida a maioria dos que morreram. O apóstolo Paulo disse o seguinte sobre essa época: “Há de haver uma ressurreição tanto de justos como de injustos.” — Atos 24:15.
Roman, já citado, estudou a Bíblia e aprendeu o que ela ensina sobre a morte e sobre Jeová Deus. O que ele descobriu causou um grande impacto em sua vida. Leia sua história no artigo “A Bíblia Muda a Vida das Pessoas”.
Para saber mais sobre o que acontece na morte, veja o capítulo 6 do livro O Que a Bíblia Realmente Ensina?, disponível para download no site www.jw.org/pt

O que Jesus disse sobre a morte?
Jesus não concordava com os líderes religiosos de seus dias que diziam que não haveria ressurreição. (Lucas 20:27) Nem ensinou que uma parte da pessoa sobrevive à morte. Ele ensinou o seguinte:
A morte é como o sono. Quando seu amigo Lázaro morreu, Jesus declarou: “Lázaro, nosso amigo, foi descansar, mas eu viajo para lá para o despertar do sono.” Os discípulos de Jesus não entenderam o que ele quis dizer. Eles disseram: “Senhor, se ele foi descansar, ficará bom.” O relato explica: “Jesus falara, porém, da morte dele. Mas, eles imaginavam que estivesse falando do descanso no sono. Nessa ocasião, portanto, Jesus disse-lhes francamente: ‘Lázaro morreu.’” — João 11:11-14.
Os mortos serão ressuscitados. Quando Jesus chegou à cidade de Lázaro, ele consolou Marta, dizendo: “Teu irmão se levantará.” Então, Jesus fez esta maravilhosa promessa: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem exercer fé em mim, ainda que morra, viverá outra vez.” Essas não eram apenas palavras de consolo. Na frente de muitas testemunhas, ele de fato ressuscitou Lázaro, que já estava morto por quatro dias. — João 11:23, 25, 38-45.
Na revelação dada ao apóstolo João, Jesus reforçou a promessa de que os mortos serão ressuscitados. Ele descreveu uma época no futuro em que a morte libertará todos os que ela simbolicamente manteve cativos. — Revelação (Apocalipse) 20:13.

Mais Assuntos como este no Site: WWW.JW.ORG

0 Comentaram (Comente também):

Postar um comentário

Dependendo do conteúdo, seu comentário poderá ser excluído.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...