Para enviar uma Mensagem click na foto depois do Login. Será excluído, dependendo do seu perfil.

As Novidades do Site Oficial

Destaque de Salmos 38-44

Clique aqui para ler Salmos 38-44

Não há nenhum ponto sadio na minha carne por causa da tua verberação.Não há paz nos meus ossos por causa do meu pecado-(Salmos 38:3)

Transgressões sérias causam o estremecimento das relações entre a pessoa e Deus, e fazem com que a pessoa fique perturbada. Disse o salmista: "Não há paz nos meus ossos por causa do meu pecado." (Sal 38:3) Os que desejam procurar a paz e empenhar-se por ela, portanto, precisam 'desviar-se do que é mau e fazer o que é bom'. (Sal 34:14) Sem justiça não pode haver paz. (Sal 72:3; 85:10; Is 32:17) É por isso que os iníquos não conseguem ter paz. (Is 48:22; 57:21; compare isso com Is 59:2-8.) Por outro lado, a paz é algo possuído pelos que são plenamente devotados a Jeová, que amam a Sua lei (Sal 119:165) e que acatam Seus mandamentos. - Is 48:18.

Mas os que procuram a minha alma armam ciladas,E os que buscam a minha calamidade falaram de adversidades,E o dia inteiro murmuram enganos-(Salmos 38:12)

Estas meditações não eram meras idéias passageiras. Estavam profundamente arraigadas no coração deles, estando eles inclinados para com este empenho iníquo. O escritor de Provérbios diz a respeito de tais homens: "Seu coração está meditando a assolação e seus próprios lábios estão falando desgraça." - Pr 24:2.

Vou pôr uma mordaça como guarda à minha própria boca

Enquanto houver um iníquo na minha frente-(Salmos 39:1b)

Refrear nossas palavras na presença de pessoas más demonstra discrição. No nosso ministério, a melhor reação diante de ridicularizadores pode ser o silêncio. Além disso, não é verdade que, quando colegas de escola ou de trabalho contam piadas sujas ou usam linguagem vulgar, é sábio permanecer calado, ou sem rir, evitando assim dar a impressão de que achamos graça? (Efé. 5:3) "Vou pôr uma mordaça como guarda à minha própria boca", escreveu o salmista, "enquanto houver um iníquo na minha frente". - Sal. 39:1.

Esperei resolutamente em Jeová,E por isso me inclinou [seu ouvido] e ouviu meu clamor por ajuda-(Salmos 40:1)

Embora não atribuamos todas as nossas doenças e enfermidades a uma intervenção direta do Diabo, como no caso de Jó, não obstante, podemos estar certos de que ele às vezes procura aproveitar-se do povo de Jeová no seu estado físico enfraquecido, para causar desânimo e até mesmo perda da esperança. Precisamos da ajuda de Jeová. O salmista Davi orou: "Esperei resolutamente em Jeová, e por isso me inclinou seu ouvido e ouviu meu clamor por ajuda." (Sal. 40:1) Também poderá orar assim ao esperar por Jeová. Jeová não abandona seus servos. Dá-lhes a força para perseverarem, se continuarem a confiar nele

Feliz o varão vigoroso que pôs a sua confiança em Jeová (Salmos 40:4)

Não temos motivo para duvidar da onipotência do Criador e de sua ilimitada sabedoria. Sabendo que podia confiar plenamente em Jeová e refugiar-se nele, Davi escreveu: "Feliz o varão vigoroso que pôs a sua confiança em Jeová." - Salmo 40:4.

Maria disse: "Minha experiência na Espanha, e em outros lugares, tem sido a seguinte: se fizermos as coisas à maneira de Jeová, ainda que os nossos sentimentos e emoções nos inclinem na direção contrária, obteremos sempre os melhores resultados possíveis. Isso gera felicidade, pois a maneira de Jeová é sempre a melhor."

Por esta razão eu disse: "Eis aqui vim,No rolo do livro está escrito a meu respeito-(Salmos 40:7)

Jesus mostrou assim que se apercebia de que Deus 'não queria' que se continuassem a oferecer sacrifícios de animais no templo de Jerusalém. Dava-se conta de que, em vez disso, Deus lhe preparara um corpo humano perfeito para que ele, Jesus, o oferecesse em sacrifício. Isto eliminaria a necessidade adicional de sacrifícios de animais. Mostrando que desejava de coração submeter-se à vontade de Deus, Jesus prosseguiu, orando: "Eis aqui vim (no rolo do livro está escrito a meu respeito) para fazer a tua vontade, ó Deus." (Hebreus 10:7) Que exemplo magnífico de coragem e de devoção altruísta Jesus deu naquele dia a todos os que mais tarde se tornariam seus discípulos! - Marcos 8:34.

Feliz aquele que tiver consideração para com o de condição humilde;No dia da calamidade Jeová o porá a salvo-(Salmos 41:1)

Marlies, missionária há 47 anos, tem o privilégio de pregar a pessoas que tiveram de fugir de áreas de crise na África, na Ásia e na Europa Oriental. Ela diz: "Essas pessoas têm uma variedade de problemas e, em geral, acham que não são plenamente aceitas e que são, de fato, discriminadas. Ajudá-las sempre traz felicidade."

Marina, de 40 e poucos anos, escreveu: "Sendo solteira, sei como é importante ser lembrada. Isso me leva a animar outros telefonando-lhes ou escrevendo-lhes cartas. Muitos me têm agradecido. Ajudar outros me dá alegria."

O próprio Jeová o amparará no divã de enfermidade;Certamente transformarás toda a sua cama durante a sua doença-(Salmos 41:3)

Davi não esperava que Jeová o curasse milagrosamente. Em vez disso, ele confiava que Jeová o 'ampararia', isto é, que lhe daria apoio e força para lidar com a doença. Davi com certeza precisava dessa ajuda. Além da doença debilitante, ele estava cercado de inimigos que 'diziam o que era mau a seu respeito'. (Versículos 5, 6) É bem possível que Jeová o tenha fortalecido por trazer-lhe à mente pensamentos consoladores

Também o homem que estava em paz comigo, em quem confiei,Que comia meu pão, engrandeceu [seu] calcanhar contra mim-(Salmos 41:9)

O Rei Davi falou em sentido figurado sobre seu companheiro traiçoeiro, Aitofel, dizendo: "[Ele] engrandeceu seu calcanhar contra mim." (Sal 41:9) Isto teve cumprimento profético em Judas Iscariotes, a quem Jesus aplicou esse texto, dizendo: "Aquele que costumava alimentar-se do meu pão ergueu o seu calcanhar contra mim." (Jo 13:18) Assim, esta expressão indica uma ação traiçoeira, que ameaça causar dano à pessoa contra quem o calcanhar é 'engrandecido' ou 'erguido'.

Assim como a cerva anseia os regos de água,Assim a minha própria alma te anseia, ó Deus-(Salmos 42:1)

Assim como uma cerva numa região árida anseia por água, o levita ansiava por Jeová. A tristeza dele por não poder adorar a Jeová em Seu santuário era tão grande que 'suas lágrimas se tornaram para ele alimento de dia e de noite', ou seja, ele perdeu o apetite. Não devemos cultivar profundo apreço pelo privilégio de adorar a Jeová com nossos irmãos?

- O que era o "lugar dos chacais"?-(Salmos 44:19) Talvez o salmista estivesse se referindo a um campo de batalha, onde os mortos se tornam alimento para os chacais. Com respeito à derrota humilhante do povo de Deus, o salmista, talvez com referência ao campo de batalha, onde os chacais se reúnem para se alimentar dos mortos (veja Sal 68:23), lamentou: "Tu nos quebrantaste no lugar dos chacais." (Sal 44:19)

Nosso Comentário

O Salmo 38:3 nos fala de termos paz, mas nesse mundo onde podemos encontrar a verdadeira paz física? Dificilmente. No entando por acatarmos os conselhos e as admoestações de Jeová teremos não só uma paz espiritual, mas também ficaremos protegidos das doenças comuns entre aqueles que levam uma vida imoral e permissiva.

0 Comentaram (Comente também):

Postar um comentário

Dependendo do conteúdo, seu comentário poderá ser excluído.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...