Este é um blog que incentiva a edificação através da leitura da bíblia, boa preparação das publicações, cânticos, experiencias e ajuda a direcionar o leitor ao site oficial, aceitamos somente comentários apreciativos e construtivos, visto que não somos um fórum de discussões. Este blog não representa e não é oficial das testemunhas de Jeová, e muito menos é apóstata, basta verificar seu conteúdo, é um blog de iniciativa pessoal, acesse: Nosso Site Oficial: www.jw.org

Destaque de Ezequiel 42-45

Leitura da Bíblia: Ezequiel 42-45

 

(Ezequiel 42:1-20) O templo era a parte mais importante na adoração  daquele tempo, como os ungidos o são também hoje. Esta comparação é apropriada, pois o espírito de Deus habita na congregação dos ungidos. Paulo escreveu aos cristãos em Éfeso “em união com Cristo Jesus”, os que estão “selados com o prometido espírito santo”, dizendo: “Fostes edificados sobre o alicerce dos apóstolos e profetas, ao passo que o próprio Cristo Jesus é a pedra angular de alicerce. Em união com ele, o edifício inteiro, sendo harmoniosamente conjuntado, desenvolve-se num templo santo para Jeová. Em união com ele também vós estais sendo edificados juntamente como lugar para Deus habitar por espírito.” (Ef 1:1, 13; 2:20-22) Revela-se que estes “selados”, colocados sobre Cristo qual Alicerce, totalizam 144.000. (Re 7:4; 14:1) O apóstolo Pedro refere-se a estes como “pedras viventes”, sendo “edificados como casa espiritual, tendo por objetivo um sacerdócio santo”. — 1 Pe 2:5.

Visto que estes subsacerdotes são “edifício de Deus”, ele não permitirá que esse templo espiritual sofra aviltamento. Paulo frisa a santidade desse templo espiritual, e o perigo para quem tenta aviltá-lo, quando escreve: “Não sabeis que vós sois templo de Deus e que o espírito de Deus mora em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; pois o templo de Deus é santo, templo esse que sois vós.” — 1Co 3:9, 16, 17; veja também 2Co 6:16.

 

(Ezequiel 42:20)  Ele mediu os quatro lados. Tinha um muro ao redor com o comprimento de quinhentas [canas] e a largura de quinhentas [canas]. . .

Ezequiel descreve um muro de 500 canas (1.555 m) em cada lado do templo. Alguns peritos acham que isto seja um muro situado a uma distância de uns 600 m do pátio, um espaço cercado pelo muro “para fazer separação entre o que é santo e o que é profano”. — Ez 42:16-20.

 

(Ezequiel 43:2-4, 7, 9)  O que eram “os cadáveres de seus reis” que precisavam ser retirados do templo? Pelo visto, os cadáveres se referiam a ídolos. Os governantes e o povo de Jerusalém tinham poluído o templo de Deus com ídolos — na realidade, transformando-os em seus reis.

(Ezequiel 43:13-20)  O que o altar que Ezequiel viu em visão representa? O altar simbólico representa a vontade de Deus relacionada com o sacrifício de resgate de Jesus Cristo. Por causa desse sacrifício, os ungidos são declarados justos e a “grande multidão” é considerada pura e limpa aos olhos de Deus. (Revelação 7:9-14; Romanos 5:1, 2) Talvez seja por isso que “o mar de fundição” do templo de Salomão — uma enorme bacia com água usada para os sacerdotes se lavarem — não aparece no templo da visão. — 1 Reis 7:23-26.

 

(Ezequiel 44:3). .Todavia, o maioral — ele mesmo, como maioral, estará sentado nele para comer pão perante Jeová. Entrará pelo caminho do pórtico do portão e sairá por este caminho.”

É evidente que o maioral tem alguma responsabilidade entre o povo de Deus. No pátio externo, ele fica sentado no pórtico do Portão Leste. (Ezequiel 44:2, 3) Isto indica um cargo de supervisão, similar ao dos anciãos, em Israel, que se sentavam no portão da cidade e faziam julgamentos. (Rute 4:1-12; Provérbios 22:22) Quem dentre as outras ovelhas ocupa hoje cargos de supervisão? Anciãos com esperança terrestre, designados por espírito santo. (Atos 20:28) De modo que os da classe do maioral agora estão sendo preparados com a perspectiva de mais tarde servirem num cargo administrativo no novo mundo

 

(Ezequiel 44:9) . . .Assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Nenhum estrangeiro, de coração incircunciso e de carne incircuncisa, pode entrar no meu santuário, quer dizer, nenhum estrangeiro que estiver no meio dos filhos de Israel. . .

O que significa isso? Deus aceita como adoradores apenas aqueles que amam as leis dele e que vivem segundo elas. (Jeremias 4:4; Romanos 2:29) Ele recebe a tais na sua tenda espiritual, sua casa de adoração. (Salmo 15:1-5) Desde que se restabeleceu a adoração pura, em 1919, a organização terrestre de Jeová tem defendido e progressivamente esclarecido as leis de moral dele. Aqueles que deliberadamente se negam a obedecer não são mais bem-vindos a se associar com o Seu povo. Hoje em dia, a prática bíblica de desassociar transgressores impenitentes tem servido para manter nossa adoração limpa e pura. — 1 Coríntios 5:13.

(Ezequiel 44:10-16)  Quem a classe sacerdotal representa? A classe sacerdotal representa o corpo de cristãos ungidos em nossos dias. Eles foram refinados em 1918, quando Jeová se sentou “como refinador e purificador” no seu templo espiritual. (Malaquias 3:1-5) Os que estavam limpos e os que se arrependeram puderam continuar em seu privilégio de serviço. Depois disso, eles tiveram de se esforçar para se manter “sem mancha do mundo”, tornando-se assim exemplos para a “grande multidão”, representada pelas tribos não-sacerdotais. — Tiago 1:27; Revelação 7:9, 10.

(Ezequiel 44:23). E devem instruir meu povo na diferença entre a coisa sagrada e a coisa profana; e devem fazê-los saber a diferença entre o que é impuro e o que é puro.

Somos muito gratos pelos serviços prestados pela atual classe sacerdotal. “O escravo fiel e discreto” dirige o trabalho de nos prover oportuno alimento espiritual que nos ajuda a discernir a diferença entre o que é impuro e o que é puro aos olhos de Jeová. — Mateus 24:45.

 

(Ezequiel 45:1). .“‘E quando loteardes a terra como herança, deveis oferecer uma contribuição a Jeová, uma porção santa da terra; quanto ao comprimento, terá vinte e cinco mil [côvados] de comprimento, e quanto à largura, dez mil. Será uma porção santa em todos os seus termos ao redor.

Como tudo isso deve ter animado o coração desses exilados! Garantia-se a cada família uma herança na terra. (Note Miquéias 4:4.) A adoração pura ocuparia ali um lugar enaltecido, central. E note que, na visão de Ezequiel, o maioral, assim como os sacerdotes, viveria em terra contribuída pelo povo. (Ezequiel 45:16) De modo que, na terra restaurada, o povo devia contribuir para a obra dos que Jeová designaria para tomarem a dianteira, apoiando-os por cooperar com a direção deles. Em suma, esta terra era um modelo de organização, cooperação e segurança. No Novo Mundo também haverá essa organização, sendo igual a divisão para todos, obviamente alguns ainda ocupando cargos de maior responsabilidade, será um tempo em que não mais ficaremos preocupados com o amanhã, porque será nosso Deus Jeová que estará no controle.

(Ezequiel 45:1; 47:13-48:29)  O que “a terra” e seu loteamento representam? A terra representa a esfera de atividades do povo de Deus. Não importa onde um verdadeiro adorador de Jeová esteja, ele está na terra restaurada desde que pratique a adoração verdadeira. O loteamento da terra terá seu cumprimento final no novo mundo, quando cada pessoa fiel herdar um lote. — Isaías 65:17, 21.

(Ezequiel 45:7, 16)  A que se refere a contribuição do povo para o sacerdócio e para o maioral? No templo espiritual, isso se refere principalmente ao apoio espiritual, ou seja, dar ajuda e demonstrar espírito cooperador.

 


 

0 Comentaram (Comente também):

Postar um comentário

Dependendo do conteúdo, seu comentário poderá ser excluído.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...