Este é um blog que incentiva a edificação através da leitura da bíblia, boa preparação das publicações, cânticos, experiencias e ajuda a direcionar o leitor ao site oficial, aceitamos somente comentários apreciativos e construtivos, visto que não somos um fórum de discussões. Este blog não representa e não é oficial das testemunhas de Jeová, e muito menos é apóstata, basta verificar seu conteúdo, é um blog de iniciativa pessoal, acesse: Nosso Site Oficial: www.jw.org

Por que os verdadeiros cristãos evitam qualquer contato com o espiritismo

SE LHE ensinaram que certas formas de espiritismo são meios de contatar espíritos bons, talvez se surpreenda em saber o que a Bíblia diz sobre o espiritismo. Por exemplo, ela declara: “Não vos vireis para médiuns espíritas e não consulteis prognosticadores profissionais de eventos, de modo a vos tornardes impuros por eles.” — Levítico 19:31; 20:6, 27.

De fato, a Bíblia diz que o praticante do espiritismo é “algo detestável para Jeová”. (Deuteronômio 18:11, 12) Por quê? Um exame do que a Bíblia diz sobre um dos principais aspectos do espiritismo — a alegada comunicação com os mortos — responderá a essa pergunta.

Estão vivos os mortos?

Contrário ao que muitos pensam, a Palavra de Deus, a Bíblia, ensina que não é possível que humanos se comuniquem com parentes falecidos. Por que não? Ora, para que alguém fale com um morto, o morto na verdade tem de estar vivo. Tem de haver uma parte dele que sobreviva à morte. Muitos afirmam que a alma sobrevive à morte do corpo. É verdade isso?

O relato bíblico da criação do homem reza: “Jeová Deus passou a formar o homem do pó do solo e a soprar nas suas narinas o fôlego de vida, e o homem veio a ser uma alma vivente.” (Gênesis 2:7) Não revela isso que a pessoa é uma alma e não que tem uma alma imortal que sobrevive à morte do corpo? De fato, as Escrituras dizem: “A alma que pecar — ela é que morrerá.” (Ezequiel 18:4) “Os viventes estão cônscios de que morrerão; os mortos, porém, não estão cônscios de absolutamente nada . . . Não há trabalho, nem planejamento, nem conhecimento, nem sabedoria no Seol”, a sepultura comum da humanidade. — Eclesiastes 9:5, 10.

Portanto, segundo a Bíblia, a alma não é algo que sobrevive à morte do corpo, com a qual os humanos vivos podem depois se comunicar. Veja dois exemplos de eruditos bíblicos conceituados que chegaram à conclusão de que a alma morre. O teólogo canadense Clark H. Pinnock observou: “Esse conceito [de que a alma humana é imortal] tem influenciado a teologia há muito, muito tempo, mas não é bíblico. A Bíblia não ensina a imortalidade inerente da alma.” E o erudito britânico John R. W. Stott declarou: “A imortalidade — e, por conseguinte, a indestrutibilidade — da alma é um conceito grego, não bíblico.”

Não obstante, há pessoas que realmente recebem mensagens e ouvem vozes, aparentemente de mortos. Mas quem está por trás disso?

Continue Lendo: Com quem se comunicam?

1 Comentaram (Comente também):

  1. eu gostaria de pedir um favor pode colocar o destaque de Atos 15-17 eu agradeço muito. e um boa tarde ficam com Jeová

    ResponderExcluir

Dependendo do conteúdo, seu comentário poderá ser excluído.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...