Para enviar uma Mensagem click na foto depois do Login. Será excluído, dependendo do seu perfil.

As Novidades do Site Oficial

Destaque da Bíblia: Sofonias 1–Ageu 2

Leitura da Bíblia: Sofonias 1Ageu 2

A adoração de Baal era muito comum em Judá. Jeová diz por meio de seu profeta Sofonias: “Vou estender a minha mão contra Judá e contra todos os habitantes de Jerusalém.” Sofonias alerta: “Está próximo o dia de Jeová.” (Sofonias 1:4, 7, 14) Apenas os que cumprem os requisitos de Deus ‘serão escondidos’ naquele dia. — Sofonias 2:3.


‘Ai da cidade opressiva’ — Jerusalém! “‘Estai à espera de mim’, é a pronunciação de Jeová, ‘até o dia em que eu me levantar para o despojo, pois a minha decisão judicial é ajuntar nações . . . a fim de derramar sobre elas a minha verberação’.” Mas Deus promete: “Farei que sejais um nome e um louvor entre todos os povos da terra, quando eu recolher os vossos cativos perante os vossos olhos.” — Sofonias 3:1, 8, 20.

Sofonias 2:13, 14 — De quem seria a ‘voz que estaria cantando’ na totalmente desolada Nínive? Visto que Nínive se tornaria um lugar para animais selvagens e aves, a ‘voz que estaria cantando’ se refere ao canto de aves e, talvez, ao ruído do vento nas janelas de casas e prédios abandonados.

Sofonias 3:9 — O que é a “língua pura”, e como é falada? É a verdade de Deus contida na sua Palavra, a Bíblia. Inclui todos os ensinos bíblicos. Falamos essa língua por crer na verdade, por ensiná-la corretamente a outros e por viver em harmonia com a vontade de Deus.

Lições para nós:

Sofonias 1:8. Parece que alguns nos dias de Sofonias procuravam ser populares aos olhos das nações vizinhas ‘usando vestuário estrangeiro’. Como seria tolo da parte dos atuais adoradores de Jeová procurar se amoldar ao mundo por meios similares!

Sofonias 1:12; 3:5, 16. Jeová continuou a enviar seus profetas para alertar seu povo sobre Suas decisões judiciais. Fez isso ainda que — como a borra endurecida no fundo de um tonel de vinho — muitos judeus tivessem se acomodado na vida e fossem apáticos à mensagem. Com a aproximação do grande dia de Jeová, em vez de indolentemente ‘abaixarmos nossas mãos’ por causa da indiferença das pessoas, temos de continuar a declarar a mensagem do Reino sem cessar.

Sofonias 2:3. Apenas Jeová pode nos salvar no dia de sua ira. Para permanecer no seu favor temos de ‘procurar a Jeová’ por estudar com zelo sua Palavra, a Bíblia, orar em busca de Sua orientação e nos achegar a ele. Temos de ‘procurar a justiça’ por levar uma vida moralmente limpa. E é preciso ‘procurar a mansidão’ por cultivar uma atitude mansa e submissa.

Sofonias 2:4-15; 3:1-5. No dia da execução do julgamento de Jeová, a cristandade e todas as nações, que têm oprimido o povo de Deus, terão o mesmo fim que teve a Jerusalém antiga e as nações vizinhas. (Revelação [Apocalipse] 16:14, 16; 18:4-8) Devemos continuar a declarar corajosamente os julgamentos de Deus.

Sofonias 3:8, 9. Enquanto aguardamos o dia de Jeová, preparamo-nos para a sobrevivência por aprender a falar a “língua pura” e por ‘invocar o nome de Deus’ fazendo uma dedicação pessoal a ele. Além disso, servimos a Jeová “ombro a ombro” junto com seu povo e lhe oferecemos como dádiva “um sacrifício de louvor”. — Hebreus 13:15.

(Ageu 1:1-2:23)


Num período de 112 dias, Ageu proferiu quatro mensagens motivadoras. A primeira foi: “‘Fixai vosso coração nos vossos caminhos. Subi ao monte, e tereis de trazer madeira. E construí a casa, para que eu tenha prazer nela e eu seja glorificado’, disse Jeová.” (Ageu 1:7, 8) O povo reagiu bem. A segunda mensagem continha a promessa: “Eu [Jeová] vou encher esta casa de glória.” — Ageu 2:7.

De acordo com a terceira mensagem, a negligência deles no trabalho de reconstrução do templo fez com que ‘o povo e todo o trabalho das suas mãos’ se tornassem impuros perante Jeová. Mas, a partir do dia em que a obra de reconstrução começasse, Jeová lhes ‘concederia bênção’. Como declarado na quarta mensagem, Jeová ia “aniquilar a força dos reinos das nações” e estabelecer o governador Zorobabel como “anel de chancela”. — Ageu 2:14, 19, 22, 23.

Perguntas bíblicas respondidas:

Ageu 1:6 — O que significa a expressão “bebe-se, mas não a ponto de se ficar embriagado”? Essa expressão simplesmente indica que havia pouco vinho. Por não ter a bênção de Jeová, o suprimento de vinho era limitado — sem dúvida não havia o suficiente para causar embriaguez.

Ageu 2:6, 7, 21, 22 — Quem ou o que está causando o tremor, e com que resultados? Jeová está fazendo “tremer todas as nações” por meio da obra mundial de pregação da mensagem do Reino. Essa obra resulta também em trazer “as coisas desejáveis de todas as nações” para a casa de Jeová, dessa forma enchendo-a de glória. Com o tempo, “Jeová dos exércitos” fará tremer “os céus, e a terra, e o mar, e o solo seco”, resultando em que o inteiro sistema perverso de hoje seja abalado e deixe de existir. — Hebreus 12:26, 27.

Ageu 2:9 — De que maneiras ‘a glória da última casa se tornaria maior do que a da anterior’? Isso aconteceria pelo menos de três maneiras: o número de anos em que o templo existiria, quem ensinaria nele e quem afluiria para lá a fim de adorar a Jeová. Embora o templo glorioso de Salomão tenha existido por 420 anos, de 1027 AEC a 607 AEC, a “última casa” esteve em uso por mais de 580 anos, desde que foi concluída em 515 AEC até ser destruída em 70 EC. Além disso, o Messias — Jesus Cristo — ensinou na “última casa” e mais pessoas foram a ela para adorar a Deus do que foram à casa “anterior”. — Atos 2:1-11.

Lições para nós:

Ageu 1:2-4. A oposição à obra de pregação não deve fazer com que deixemos de “buscar primeiro o reino” para buscar primeiro nossos próprios interesses. — Mateus 6:33.

Ageu 1:5, 7. É bom ‘fixarmos nosso coração nos nossos caminhos’ e refletirmos em como o que fazemos com nossa vida afeta nosso relacionamento com Deus.

Ageu 1:6, 9-11; 2:14-17. Os judeus dos dias de Ageu se empenhavam pelos seus próprios interesses, mas não colhiam os frutos de seu trabalho. Negligenciavam o templo e por isso não tinham a bênção de Deus. Devemos dar prioridade às coisas espirituais e prestar serviço a Deus de toda a alma, lembrando-nos de que, quer tenhamos pouco, quer muito em sentido material, ‘a bênção de Jeová é o que enriquece’. — Provérbios 10:22.

Ageu 2:15, 18. Jeová incentivou os judeus a fixar seu coração daquele dia em diante, não na sua negligência do passado, mas na obra de reconstrução. Da mesma forma, devemos nos esforçar em olhar para frente ao adorarmos nosso Deus.

Visite nosso site Oficial: Algo melhor que o Natal

0 Comentaram (Comente também):

Postar um comentário

Dependendo do conteúdo, seu comentário poderá ser excluído.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...