Para enviar uma Mensagem click na foto depois do Login. Será excluído, dependendo do seu perfil.

As Novidades do Site Oficial

Destaque de Revelação 7-14

Leitura da Bíblia: Revelação 7-14

7:13, 14. Os 24 anciãos representam os 144 mil em sua glória celestial, servindo não só como reis mas também como sacerdotes. Foram prefigurados pelos sacerdotes do Israel antigo, a quem o Rei Davi organizou em 24 turmas. Um dos anciãos revela a João a identidade da grande multidão. Portanto, a ressurreição dos cristãos ungidos deve ter começado algum tempo antes de 1935. Por quê? Porque naquele ano a correta identidade da grande multidão tornou-se conhecida para os servos ungidos de Deus na Terra. — Luc. 22:28-30; Rev. 4:4; 7:9.


8:1-5  Por que ocorreu um silêncio no céu, e o que foi em seguida lançado para a Terra? Ocorreu um silêncio simbólico no céu para que “as orações dos santos” na Terra pudessem ser ouvidas. Isso foi no fim da Primeira Guerra Mundial. Os cristãos ungidos não ascenderam ao céu no fim dos tempos dos gentios, como muitos haviam esperado. Eles enfrentaram tempos difíceis durante a guerra, de modo que agora oravam com fervor pedindo orientação. Em resposta às suas orações, o anjo lançou à Terra um fogo simbólico que revitalizou espiritualmente os cristãos ungidos. Embora poucos em número, eles iniciaram uma campanha mundial de pregação que tornou o Reino de Deus uma questão ardente, incendiando a cristandade. Foram proclamados avisos trovejantes da Bíblia, divulgados lampejos de verdades bíblicas e o domínio da religião falsa foi abalado em seu alicerce, assim como edificações são abaladas por um terremoto.
8:6-12; 9:1, 13; 11:15  Quando foi que os sete anjos se prepararam para tocar as trombetas, quando foram tocadas e de que modo? A preparação para tocar as sete trombetas incluiu dar orientações aos revitalizados membros da classe de João na Terra, no período de 1919 a 1922. Esses ungidos estavam diligentemente reorganizando seu ministério público e ampliando instalações gráficas. (Rev. 12:13, 14) O som das trombetas representa as destemidas proclamações dos julgamentos de Jeová contra o mundo de Satanás, feitas pelo povo de Deus em cooperação com os anjos. Notavelmente, isso começou com o congresso de 1922 em Cedar Point, Ohio, e se estenderá até a grande tribulação.
8:13; 9:12; 11:14  Em que sentido os últimos três toques de trombeta são “ais”? Ao passo que os primeiros quatro toques de trombeta são proclamações que expõem a condição espiritualmente morta da cristandade, os últimos três são “ais” ligados a eventos específicos. O quinto toque se relaciona com o livramento do povo de Deus do “abismo” de inatividade, em 1919, e com sua incansável obra de testemunho, uma atormentadora “praga” para a cristandade. (Rev. 9:1) O sexto é a respeito do maior ataque de cavalaria da História e da campanha mundial de pregação iniciada em 1922. O último toque tem a ver com o nascimento do Reino messiânico.
Lições para nós:
9:10, 19. As abalizadas declarações bíblicas contidas nas publicações do “escravo fiel e discreto” contêm uma mensagem aguilhoadora. (Mat. 24:45) Essa mensagem corresponde às caudas dos gafanhotos, que têm “aguilhões como os escorpiões”, e aos cavalos de uma cavalaria cujas “caudas são como serpentes”. Por quê? Porque essas publicações alertam sobre o “dia de vingança [de Jeová]”. (Isa. 61:2) Sejamos corajosos e zelosos em distribuí-las!
9:20, 21. Muitas pessoas mansas que vivem nas chamadas nações não-cristãs têm acolhido bem a mensagem que proclamamos. No entanto, não esperamos uma conversão em massa de pessoas fora do domínio da cristandade, mencionadas como “os demais homens”. Apesar disso, perseveramos no ministério.
12:15, 16. “A terra” — elementos do próprio sistema de Satanás, ou os poderes governamentais em vários países — apoiou a liberdade de adoração. Começando nos anos 1940, esses poderes ‘tragaram o rio [de perseguição] que o dragão lançou de sua boca’. Realmente, quando Jeová deseja, ele pode influenciar autoridades governamentais para realizar Sua vontade. De modo apropriado, portanto, Provérbios 21:1 diz: “O coração do rei é como correntes de água na mão de Jeová. Vira-o para onde quer que se agrade.” Isso deve fortalecer nossa fé em Deus.
13:8  O que é o “rolo da vida do Cordeiro”? É um rolo simbólico que contém apenas os nomes dos que governam com Jesus Cristo em seu Reino celestial. Inclui os nomes dos cristãos ungidos que ainda estão na Terra e têm a esperança de receber vida no céu.
13:11-13  De que modo a fera de dois chifres age como dragão e faz descer fogo do céu? O fato de a fera de dois chifres — a Potência Mundial Anglo-Americana — agir como dragão indica que ela usa ameaças, pressões e violência para forçar a aceitação de seu tipo de governo. Faz sair fogo do céu no sentido de que presume exercer o papel de profeta por afirmar ter derrotado as forças do mal nas duas guerras mundiais do século 20 e ter vencido o comunismo.
13:1-4, 18. “Uma fera”, que simboliza os governos humanos, ascende “do mar”, isto é, das turbulentas massas da humanidade. (Isa. 17:12, 13; Dan. 7:2-8, 17) Essa fera, criada e empossada por Satanás, tem o número 666, que denota elevada imperfeição. Identificar a fera nos ajuda a não segui-la com admiração nem adorá-la, como faz a humanidade em geral. — João 12:31; 15:19.
13:16, 17. Apesar das possíveis dificuldades que tenhamos em cuidar de atividades do cotidiano como “comprar ou vender”, não devemos ceder à pressão de permitir que a fera governe a nossa vida. Aceitar ‘a marca da fera na mão ou na testa’ seria o mesmo que permitir que a fera controle nossas ações ou afete nosso modo de pensar.
14:6, 7. A proclamação angélica nos ensina que devemos declarar as boas novas do estabelecido Reino de Deus com urgência. Devemos ajudar nossos estudantes da Bíblia a desenvolver um sadio temor a Deus e a dar-lhe glória.
14:14-20. Quando “a colheita da terra”, isto é, a “colheita” dos que serão salvos, estiver terminada, será tempo para o anjo lançar “no grande lagar da ira de Deus” a “videira da terra” ajuntada. Essa videira — o corrupto visível sistema de governos da humanidade com seus “cachos” de maus frutos — será então destruída para sempre. Devemos estar decididos a não nos deixar influenciar pela videira da Terra.

Fazendas da Torre de Vigia — cinco décadas de colheita



4 Comentaram (Comente também):

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. amo esse syte pois ele me ajudar a fazer meus destaques ....e leio publicaçaoes por ele também...

    ResponderExcluir
  3. Amo fazer meus destaques por aqui é bem mas facil e vejos outras publiucaçao em lançamento...

    ResponderExcluir
  4. Bom dia! Quero dizer, o quanto eu gosto de fazer meus destaques com ajuda deste site.me sinto mais preparada para comentar obrigada.

    ResponderExcluir

Dependendo do conteúdo, seu comentário poderá ser excluído.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...